domingo, 11 de janeiro de 2009


A fragilidade das pessoas é algo que me fascina.
Vivo rodeada de pessoas "fortes" e que são superficialmente duras, pelo menos
é o que diz o veredicto.
Então você resolve tocá-las mais fundo, na alma talvez, e começa a ver o lado doce e frágil
que elas tanto temem revelar.




Um comentário:

gwen mignot disse...

adorei cara, adorei **--**