domingo, 10 de maio de 2009

Sobre as mulheres que eu amei


*Aproveitando a deixa sobre o dia das mães.
Há quem diga que eu nunca fui de muitos amores, poucas paixões avassaladoras ou relacionamentos importantes. Durante toda a minha vida o meu relacionamento com as mulheres foi estressante e talvez por isso eu queira expor uma parte da história. Eu não sou muito interessante ou mesmo paciente (coisas que já estão estampadas na minha testa), porém eu sempre fui das que perseveram até o final das coisas, menos quando se tratava da minha irmã. Por mais plausíveis que fossem os argumentos ela nunca aceitava que eu estava certa e ela errada (acho que foi por isso que travamos longas batalhas de quarto, amantes e até mesmo o afeto dos meus pais). Esse sem dúvida foi um dos meus relacionamentos mais duradouros, faz 16 anos que estou com a minha irmã e pelo visto estaremos juntos por um longo (e infinito) período de tempo. Após isso vieram as minhas amigas (e amigos gays) que me enfiavam "goela" abaixo personalidades e surtos que eu achava uma graça, grande parte delas se parecia com a minha irmã, irredutíveis, carinhosas e frequentadoras de pracinhas assíduas. Era a cumplicidade em forma de gente, eram erros destrutíveis e irreparáveis, de todas as idades e raças, era uma espécie de família, das mais anormais possíveis (e de quem às vezes eu tentava fugir a todo custo). Com o tempo eu fui me adaptando, me aderindo ao mundo delas (que também era o meu), aprendendo coisas novas, ganhando maturidade, suprindo carências. Foram tantas as amigas que eu amei que não cabem nos dedos, porém de todas elas eu posso citar a que mais me surpreendeu/surpreende até agora, minha mãe (aquela senhora baixinha, de madeixas castanhas e “olhos de ressaca”), a mulher mais incrível, enigmática e chantageadora da humanidade e que por sinal é a primeira da lista das mulheres mais amadas por mim

2 comentários:

Mary disse...

Lindo texto... Uma verdadeira declaração de amor...

P.S.: Quanto tempo que a gente não se fala, né? E aí como tá? Tendo tempo para o "TDB"?
Manda notícias...

Xeroooo
=D

Thay Melo disse...

Legal a postagem :}

Passando só pra te ler mais uma vez.
Beijos :*