quinta-feira, 9 de julho de 2009

Amor X Gripe suína


Quero espantar um pouco desse pessimismo crônico que anda rondando os meus dias. Hoje eu acordei pensando nisso que todo mundo anda pegando. Não, não estou falando de gripe suína, é de amor mesmo. Parece que ele resolveu atacar as pessoas mais incapacitadas e neuróticas possíveis, virou assunto da semana, desses que a gente discute numa mesa de bar com os amigos. Tem gente que diz que ele se parece com o hippie que mora ali na esquina (convenhamos que se for ele, ai Meu Deus!), outros dizem que ele é o tal cara casado com Psique, Camões dizia que ele é um “fogo que arde sem se ver”, Mário que o Amor é a amizade que nunca morre, Vinicius dizia que era Fantasia, Chico que “o amor é um veneno medonho”, Arnaldo diz: “Amor é prosa”, Rita Lee afirma “é um livro”. É, tem gente que diz que o amor é Deus, que se apresenta em forma de crepúsculo ou eclipse lunar.Tem gente que chora,que sorri e até que mata por amor.Outros,como Carmem Miranda dizem que :-“ Quanto mais se bebe mais a sede aumenta”,a quem diga que o amor é doce,feio,desarrumado,sincero,descomprometido,que pode-se viver dele,que se pode amar em cada verso,despedida ou ausência. Eu não sei, tenho dificuldade em dizer algo sobre, eu só posso dizer que o contágio é fatal, é transmitido de pessoa pra pessoa, sem hospedeiro definitivo e seus efeitos colaterais tendem a piorar dia após dia. A todos que não estão interessados em algo que pode te deixar de cama por dias, que pode lhe arrancar a razão e que lhe fará dizer coisas bobas e maçantes, eu deixo o meu aviso:

Corram à loja mais próxima e adquiram já suas máscaras de proteção.

3 comentários:

Maria Rita disse...

adorei o texto!
e achei super legal a comparação! é fato, amor contagia.

Beeeijos.

Nathie. disse...

O ministério da saúde adverte!

Camila disse...

belo texto!

ótimooo³. ameei!

> seguindoo.